(54) 3354.1710 | (54) 9 9906-8765 | Segunda a Sexta 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

Histórico

Esmeralda quando Vila denominava-se São João velho, São João por ser o Santo padroeiro, e velho por ser o sobrenome do doador do terreno da praça- Antonio Joaquim Velho.

A primeira denominação desta região foi fazenda São João. O povoado nasceu ao redor da igreja São João Batista. E estas terras eram de propriedade da família Velho, sendo consequência da denominação do povoado Capela São João Velho. Mais tarde passou a chamar-se Vila Esmeralda, pois o médico que atendia a localidade (por volta do ano de 1900), Dr. Antônio Dias Fernandes, quando atendia aos doentes sempre dizia:

“Quando um dia mudarem o nome de São João Velho, troquem por Esmeralda, devido a beleza de seus campos ondulados, suas matas abundantes e seus pinheiros verdejantes e também porque é esta a pedra preciosa verde, que é a esmeralda de meu anel”.

Durante a administração do sr. Irineu Nery da Luz (1973-1976), na Praça 27 de novembro (hoje Praça Dr. Orly Labarthe Alves), foi erguido um símbolo em homenagem ao Dr. Antônio Dias Fernandes, em forma de anel estilizado.

Esmeralda foi emancipada e instituída na data de 27 de novembro de 1963, pela lei de criação nº 4.616, onde até então fazia parte do 5º distrito do município de Vacaria. A primeira eleição realizou-se em 29 de março de 1964.

A instalação do município deu-se no dia 08 de abril de 1964.

Em Esmeralda as tradições gaúchas são cultuadas e valorizadas, temos orgulho de ter sido aqui realizado o primeiro tiro de laço, que deu origem aos rodeios de hoje. O senhor Alfredo José dos Santos organizou a primeira invernada de laçadores “Rincão das Violetas”, isto propiciou o surgimento de outras invernadas no nosso município. A partir deste marco, em 16 de janeiro de 1966 foi fundado o primeiro CTG, o “Pioneiros do Laço”. No 47º Congresso Tradicionalista Gaúcho, dia 12 de janeiro de 2002, depois de defendida a tese da origem do Tiro de Laço, ficou definida Esmeralda como o berço desse esporte. Em 2008 foi inaugurado o Parque de Rodeios que leva o nome “Alfredo José dos Santos” e reverencia os “Pioneiros do Laço”.

Nossa terra também é conhecida como "Terra de José Mendes", este ilustre filho adotivo de Esmeralda, que ficou conhecido nacional e internacionalmente por suas músicas como Pára Pedro, Não Aperta Aparício e Andarengo entre outras, e seus 03 filmes longa-metragens, onde era o artista principal. Em novembro de 2004 foi inaugurado o Memorial José Mendes em sua homenagem, na Capela Santa Terezinha, durante as comemorações do II Esmeralda Canta Zé Mendes, oportunidade em que foi transladado os restos mortais do artista. Hoje o Memorial é um ponto turístico do município e é visitado por turistas de todo o Brasil e até do exterior.

Outro fator histórico importante é marcado pela fé, o Santuário do Senhor Bom Jesus, que abriga uma "milagrosa" Imagem do Senhor Bom Jesus, trazida pra Esmeralda pelo Senhor Bernardo dos Reis, na época da Guerra do Paraguay, por volta de 1870, o qual prometeu que se salvasse da guerra, retornaria para Esmeralda trazendo a imagem, que por ser de madeira e muito pesada, foram serradas as pernas e transportado apenas o busto. Construiu-se um oratório no local, o qual começou a receber muitas pessoas que vinham fazer suas promessas. Desde o ano de 1977, no dia 06 de agosto realiza-se no local uma grande Romaria.

APRESENTAÇÃO

Esmeralda está localizada na Região Nordeste do Rio Grande do Sul, na microrregião de Vacaria, região também chamada de campos de Cima da Serra nas coordenadas – latitude – 28,05 e longitude – 51,19, possui uma área territorial de 833,3 Km², distância da capital de 307 Km. O acesso ao município se dá pela RS 456 . A altitude é de 944 m acima do nível do mar. O município possui dois distritos, a sede e a capela de São Sebastião. Os limites do município se dá ao norte com o município de Pinhal da Serra(RS), ao Sul com os municípios de Vacaria (RS) e Muitos Capões (RS) , à leste com os municípios de Cerro Negro (SC) e Vacaria (RS) e à Oeste com os municípios de Lagoa Vermelha (RS), Barracão (RS) e Capão Bonito do Sul (RS). A maioria dos rios que banham o município são de pequeno porte. Eles pertencem à bacia do rio Pelotas. O rio Pelotas serve de divisa entre Esmeralda (RS) e Cerro Negro (SC), o rio Bernardo José delimita o município de Barracão, Lagoa Vermelha e Capão Bonito do Sul, e o rio do Frade divide os municípios de Esmeralda e Vacaria, vindo ambos a desaguar no rio Pelotas.

Seu clima é subtropical úmido, devido a esta característica de clima temperado, a média de temperatura nos meses mais quentes fica em torno de 22º C e a média anual é inferior a 18º C. Sua densidade demográfica é de 4,1 hab/km², o PIB per capita com base no ano de 2007 é de R$ 20.436,61 (ocupa a 70º posição no ranking do estado), o PIB é de 65,8 milhões (ocupando a 267º posição estadual) Esmeralda conta hoje com uma população de 3159 habitantes, pela contagem do IBGE (dados ainda não oficiais), sendo que a estimativa era de 3.383 habitantes para o ano de 2009 eu seu Índice de desenvolvimento Humano- IDH é 0,779 (266º posição estadual).

A população de Esmeralda hoje comparada com o Censo realizado no ano 2000, apresenta uma redução de aproximadamente 46%, o que deixou o município entre os 5 municípios brasileiros, dos 1520, que sofreram redução populacional, o que não explicou-se porém, foi que, após o censo emancipou-se de Esmeralda o município de Pinhal da Serra. O que hoje somando a população dos dois, apresenta de fato uma redução populacional de apenas 4%. Existe uma estimativa de crescimento populacional da cidade, realizada pela Corsan, com uma estimativa de 3400 habitantes para os próximos 40 anos. A evolução da expectativa de vida ao nascer apresenta uma evolução (1991-2000) de 6,1% enquanto a do RS é de 4,8% e a do Brasil é de 6%. Na contagem populacional do ano de 2007, verificou-se que 66,2% da população é rural e 33,8% é urbana, sendo 50,6% homens e 49,4% mulheres. A faixa etária da população é dividida em três faixas, sendo 31,3% formada por jovens de 0 a 19 anos, 52,6% de adultos dos 20 aos 59 anos e 16,1% de idosos dos 60 anos em diante. A população economicamente ativa do município (PEA) representa 85,1% dos habitantes.

Em 2009 existiam 799 alunos matriculados , sendo 516 na escola municipal e 283 na escola estadual. Na década de 90 o município conseguiu melhorar seu desempenho frente a diversos indicadores de atendimento à educação. Mais significativamente reduzindo a taxa de analfabetismo e melhorando os índices de acesso da população das diferentes faixas etárias ás diversas modalidades de ensino. Os índices do IDEB também tem apresentado um crescimento positivo, acima das metas projetadas.

Na avaliação dos setores produtivos de Esmeralda a agropecuária contribui com 53,3%, a indústria com apenas 3,4% e os serviços com 43,3% do PIB municipal. Existem no município 255 empresas formais, as quais geram 445 postos de trabalho com carteira assinada. Nos últimos 5 anos estes índices tem apresentado um sensível crescimento, a criação de empresas com uma média de 2,5% ao ano e a criação de empregos apresenta uma média de crescimento de 4,1% ao ano. Em Esmeralda a concorrência por uma colocação no mercado de trabalho formal determina uma relação de 7,6 habitantes por emprego. O saldo de admissões e demissões do município de 2005 a 2009 apresentou um resultado positivo de 33 empregos.

No setor primário as culturas que geraram maiores receitas no município, são respectivamente: soja, milho e trigo. O município produz também em escala reduzida feijão, alho, aveia, batata-doce, batata-inglesa, cebola, cevada, ervilha, canola, fumo, erva-mate, mandioca, tomate. O rebanho bovino fica em torno de 29.561 cabeças, e a bacia leiteira produz uma média 1.200.000 litros de leite/ano.

O município possui uma Unidade Básica de Saúde, com plantão 24 horas de urgência e emergência e 01equipe de ESF- Estratégia de Saúde da Família com uma unidade móvel. São desenvolvidas ações em saúde, prestados os primeiros atendimentos ao paciente para posteriormente ser encaminhado para a referência regional.

PONTOS TURÍSTICOS

Na sede – Igreja Matriz
Parque de Rodeios – 1 km antes da sede
Memorial José Mendes – Santa Terezinha 9 km da sede
Santuário do Senhor Bom Jesus – 7 km da sede